LesB Indica | Pretty Little Liars – produção teen com excelentes protagonistas mulheres

“Pretty Little Liars” é um drama adolescente criado por I. Marlene King (“Sorte no Amor”), baseado na série de livros da autora Sara Sherpard. A produção é protagonizada por garotas: Spencer Hastings (Troian Bellisario), Aria Montgomery (Lucy Hale), Hanna Marin (Ashley Benson) e Emily Fields (Shay Mitchell), cuja amizade se desfez após o desaparecimento da quinta membra e líder do grupo, Alison DiLaurentis (Sasha Pieterse).

LesB Indica | Lírios D’Água – narrativa explora a construção da imagem do adolescente

A história começa quando as quatro amigas retornam a pacata cidade de Rosewood, na Pensilvânia, para o enterro da personagem de Pieterse, que todos acreditam ter sido vítima de um assassinato. Além de terem que lidar com a perda, a vida das meninas se torna um inferno, quando começam a receber mensagens de textos ameaçadoras de alguém que se autointitula “-A”.

Ao retornarem à cidade e perceberem que todas estão recebendo essas mensagens misteriosas, as garotas se unem novamente para tentar desvendar quem está por trás dessas ameaças, que contêm segredos que apenas Alison saberia.

Resenha | Antes que você diga sim – um clichê para aquecer o coração

“Pretty Little Liars” apresenta ótimas protagonistas mulheres e cada uma possui um papel essencial para o desenvolvimento da trama. Spencer é inteligente, competitiva e perfeccionista ao extremo devido ao fato de sempre tentar superar sua irmã mais velha; Aria é amorosa, compreensiva e tão protetora ao ponto de se deixar de lado para guardar segredos daqueles que ama; Hanna é admirável, divertida e tem problemas de autoestima; Emily é tímida e a mais leal do grupo, quando Alison desaparece, ela é a que mais sofre, já que tinha um crush na amiga. Por fim, existe Alison, que era conhecida como a “abelha-rainha” por ser a mais popular das garotas, além de ser encantadora e manipuladora.

O mistério em volta da série, apesar de ter muitos furos, é de enlouquecer qualquer um, porém vale muito a pena. Além de que, a forma como as garotas se envolvem em problemas atrás de problemas para tentar impedir que as outras pessoas descubram seus segredos é muito divertido. Outro ponto a destacar é a química que as protagonistas possuem em cena, o que torna toda a história de amizade e compreensão verossímil. Ademais, o desenvolvimento da sexualidade de Emily Fields, do início da produção até o final, é impecável e é impossível não se apaixonar pela personagem.

Apesar de ser uma produção de drama adolescente, “Pretty Little Liars” mescla com outros gêneros como mistério e suspense psicológico. A série ganhou cinco vezes consecutivas o prêmio Teen Choice de Melhor Série de TV –Drama e teve dois Spin-offs, que foram canceladas com apenas uma temporada: “Ravenswood” e “Pretty Little Liars: The Perfectionists”.

Resenha | Amora – obra mostra como o amor entre mulheres está nos detalhes

 “Pretty Little Liars” está disponível na HBO Max e possui sete temporadas.

Bruna Fentanes

Baiana, designer e estudante de jornalismo. Acredita que vive em seu próprio conto de fadas e se divide entre suas duas obsessões: livros de romance e séries teen.

Deixe uma resposta