Crítica | 4×100 – Correndo por Um Sonho – longa-metragem com sabor de Olimpíadas

Ainda no clima das Olimpíadas (passou rápido demais, certo?), precisamos falar de “4×100 – Correndo Por Um Sonho” (2021). O

Ler mais

Comic-Con@Home 2021 | Mulher-Maravilha – através do multiverso

O painel da “Mulher-Maravilha” mediado pela editora associada da DC Brittany Holzherr, contou com a participação de escritores e ilustradoras

Ler mais

Comic-Con@Home 2021 | Rua do Medo – uma celebração do sucesso da trilogia da Netflix

A trilogia “Rua do Medo” foi um dos grandes acertos da Netflix neste ano. E esse fenômeno não poderia ficar

Ler mais

Crítica | Rua do Medo: 1666 – a coroação de uma trilogia de terror

“Rua do Medo: 1666 – Parte 3”, volta ao passado distante de Shadyside, na época em que se chamava Union, para mostrar a origem da lenda da bruxa Sarah Fier e sua maldição sobre a cidade.

Ler mais

Crítica | Em Um Bairro de Nova York – um bom musical com potencial para ser melhor

O filme conta a história de Washington Heights, um bairro majoritariamente latino de Nova York pelos olhos de Usnavi (Anthony Ramos), um jovem que imigrou da República Dominicana para os Estados Unidos quando era criança e sonha em voltar para seu país.

Ler mais

Crítica | Rua do Medo: 1978 – segunda parte chega com cara de clássico

Esta parte mostra a história de C. Berman (Gillian Jacobs), uma mulher assustada que foi a única sobrevivente do massacre de 1978 ocorrido na cidade de Shadyside, conhecida como a capital do assassinato. Conhecemos essa personagem apenas por nome em “Rua do Medo: 1994 – Parte 1” e aqui ela surge em carne e osso para Deena (Kiana Madeira) e Josh (Benjamin Flores Jr.), que buscam uma maneira de salvar Sam (Olivia Welch) das garras da bruxa Sarah Fier. E assim C. Berman começa a nos contar sua história.

Ler mais

Crítica | Rua do Medo: 1994 – um presente para os amantes de terror e os anos 1990

Os longas-metragens “Rua do Medo” são uma adaptação da trilogia de livros do autor americano R. L. Stine (criador da famosa série infanto-juvenil dos anos 1990 “Goosebumps”), que contam a história da cidade de Shadyside entre os anos de 1994, 1978 e 1666 onde eventos terríveis aconteceram.

Ler mais

Especial Cinema Brasileiro | Oito filmes nacionais com personagens femininas LGBTQIA+

No dia 19 de junho de 1898, o ítalo-brasileiro Afonso Segreto gravou as primeiras imagens em movimento no Brasil. O

Ler mais

Crítica | Me Sinto Bem Com Você – um longa-metragem para assistir numa tarde de sábado

“Me Sinto Bem Com Você”, novo longa de Matheus Souza (“Ana e Vitória”), retrata as dificuldades de se relacionar durante a pandemia. O filme, que gira em volta de cinco núcleos, mostra diferentes tipos de relações, seja entre casais de anos, relacionamentos novos ou familiares.

Ler mais

GLAAD Media Awards 2021 – os vencedores, perdedores e os destaques da premiação

GLAAD Media Awards 2021 aconteceu na última quinta-feira (8) e pelo segundo ano consecutivo o evento foi realizado de forma

Ler mais