Review | Supergirl – 5×03

Supergirl” entregou esta semana mais um episódio raso e uma vilã que não causou muito estrago, mas que pode ter dado indício da Crise na Infinitas Terras na Terra de Kara Danvers e companhia.

Nesta semana descobrimos um pouco mais sobre o passado de Jonn e sua história com seu irmão. Acontece que no fim das contas quem apagou Malefic da consciência geral foi Jonn para poder aliviar os sentimentos do seu pai que estava sofrendo muito pela traição de seu filho e isso deixou antigo diretor do DEO muito abalado, já que nos costumes marcianos apagar as memórias de alguém é algo imperdoável.

Review | Supergirl – 5×01 e 5×02

E Malefic ainda estava atrás da ajuda de Kelly e com isso acabou colocando a irmã de James em perigo. já que após um embate na clínica onde ela trabalha algo deu errado com as lentes de raios Q e agora Kelly consegue ver Malefic mesmo quando ele se transforma em outra pessoa. Ela claramente só foi escrita para ser o interesse amoroso de Alex, mas pode se tornar um ótimo recurso para pegar o vilão, bem, isso quando voltar do seu esconderijo.

Review | Barwoman – 1×03

Quem ganhou algum destaque também foi William, que tinha uma ligação direta com o homem assassinado no começo do episódio pela mulher aranha e que anda escondendo um segredo. Talvez eles estejam tentando deixar o personagem mais interessante antes de ele se tornar o interesse amoroso de Kara, já que eu tenho certeza que isso vai acontecer.

E Lena deu um passo importante no seu plano de controlar as mentes de todos para que o mundo se torne um lugar melhor. Ela conseguiu convencer a Supergirl a roubar os diários pessoais de Lex Luthor onde há segredos importantes para a realização do seu plano. Eu acredito que a Lena ainda não se perdeu totalmente para o lado negro da força, ela só quer mesmo transformar o mundo em um lugar melhor, a questão é: será que Kara conseguirá traze-la de volta quando necessário?

LesB Indica | Light as a Feather – a morte, a amizade e a sobrevivência

Já falando sobre a vilã do episódio ela não serviu de muita coisa, mas no final ela foi morta por uma sombra antes que pudesse dizer quem a havia contratado. Essa sombra pode ser um demônio das sombras, que nas HQs são os minios do Anti-Monitor, o grande vilão do crossover Crise nas Infinitas Terras. Ou ela pode somente ser a Acrata, codinome de Andrea Rojas nas HQs, que tem a habilidade de se teletransportar pelas sombras. Suspeito?

Myrella Oliveira

Myrella Oliveira

Myrella Oliveira é a co-criadora do LesB Out!, estudante de Publicidade, designer e sonha mais do que pode realizar. Acumula livros que não tem tempo pra ler e séries que não tem tempo para assistir. Feminista, bissexual e orgulhosa, além de ser esquecida e absurdamente dramática. Enxerga o mundo de um jeito bem singular. Mora no litoral ensolarado do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *