Resenha | Boa noite – um livro voltado para você mulher

Ficha Técnica
Livro: Boa noite
Autor: Pam Gonçalves
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 240
Ano de Lançamento: 2016


O primeiro contato que tive com a escrita da Pam Gonçalves foi quando ela ainda escrevia para seu (falecido) blog “Garota It”, posteriormente, ela migrou para o Youtube e até hoje permanece produzindo conteúdo por lá. “Boa noite” foi o primeiro livro solo publicado pela autora e busca levar uma mensagem para todas as mulheres, sobre sororidade, amizade, amor, representatividade e girl power.

A obra acompanha a história de Alina, uma garota que sempre foi boa aluna, filha perfeita, boa menina e todas aquelas características que a transformam em uma pessoa considerada “certinha”. Ela acabou de sair da sua cidade natal (Laguna) para fazer faculdade de Engenharia da Computação em Pedra Azul, onde acaba caindo de paraquedas em uma casa chamada República das Loucuras.

Resenha | Atlas – um conto sobre autodescoberta e amor próprio

Alina dividirá a república com mais três pessoas, a Manu que estuda Comunicação, o Gustavo, estudante de medicina e por fim, a Talita que estuda Administração e tem um namorado chamado Bernardo, que passa mais tempo na casa do pessoal que na própria. Ao lado deles, a personagem principal vê uma oportunidade de mudar de vida, deixar seu status de “garota nerd” para trás e se aventurar em festas, bebida, garotos e toda uma vida diferente daquela que estava acostumada. E é aí que mora o problema.

A trama construída por Gonçalves retrata uma realidade muito comum nas universidades, e a partir disso, procura debater questões como a cultura do estupro, preconceito, casais LGBTQ+, racismo, drogas e até mesmo o machismo observado nos cursos de engenharia quando são mulheres fazendo. Porém, apesar de se tratarem de temas pesados, a narrativa é fluída e não é nem um pouco cansativa. E claro, tem romance e representatividade. Você vai se deixar levar pela vida dos personagens, até mesmo os secundários, como é o caso da Manu, que vale destaque. Ela é uma personagem extremamente apaixonante. E o livro é tão curtinho que você consegue ler em menos de 24 horas, hein?! Uma beleza.

Especial | 15 séries para maratonar durante a quarentena

Esta história é recomendada para todos que procuram uma história que quebra tabus, e principalmente, para nós, mulheres. Como a autora diz no início do livro: “Não deixem que digam que não são capazes, vocês podem ser o que e quem quiserem”.

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes, estudante de jornalismo e designer. Baiana e nordestina com muito orgulho. Amante dos livros de amor, mas sempre vai adorar os dramas que a vida lhe dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *