Lesb Indica | Gentleman Jack e a história da primeira lésbica moderna

Criada por Sally Wainwright, “Gentleman Jack” é uma produção conjunta entre BBC e HBO. Situada em 1832 e protagonizada por Suranne Jones, a série é baseada nos diários coletados de Anne Lister.

A figura de Anne é tão imponente que ela consegue ser centro das atenções mesmo não estando presente fisicamente, e isso se torna evidente nos primeiros minutos da produção. Conhecida como a primeira lésbica moderna, Lister desafiava as convenções de gênero de sua época. Por ser mulher, esperava-se dela um comportamento submisso, no entanto, ela não abaixava sua cabeça para ninguém, muito menos para os homens.

Primeiras Impressões | RED – Episódio 5.01

Ao longo da série, vemos a protagonista enfrentando qualquer tipo de homem que a contrarie. Inclusive, quando decide entrar para o negócio desagradável do carvão, a personagem de Suranne, confronta os poderosos irmãos Rawson. Mesmo quando os acordos e as fofocas se tornam socos e arranhões, Lister não se deixa intimidar. Pelo contrário, isso se torna combustível para afrontá-los.

Apesar das críticas a seu modo de vida e a maneira “masculina” em se comportar, Anne Lister é respeitada. Talvez o que tenha permitido-a viver a vida que escolheu tenha sido resultado do seu status social. Herdeira das terras de Shibden Hall, ela era independente financeiramente e possuía recursos para financiar seu estilo de vida e suas viagens pela Europa.

Love Fan Fest recebe atrizes de Wynonna Earp, Carmilla, RED e muito mais

A série apresenta com excelência quem Anne Lister era. Altiva, vivaz, inteligente e carismática, era uma pessoa a frente do seu tempo. Mulher de negócios e apaixonada pela ciência, ela almejava encontrar nas mulheres que passaram pela sua vida alguém para compartilhar suas experiências. Em seus diários, Anne narra suas viagens, conquistas, aflições e seus romances, inclusive sua afeição por Ann Walker (Sophie Rundle) está presente em várias páginas de seus cadernos.

No primeiro encontro entre as personagens de Suranne e Sophie, a protagonista percebe certo interesse por parte de Ann Walker, e decide usar a moça para curar seu coração partido. Apesar de a princípio a aproximação ter más intenções, Anne se vê profundamente apaixonada pela doce e frágil Ann. Lister, inclusive, confidencia a sua tia o interesse de viver com a amante, desejo esse que se concretiza no final da temporada.

LesB Indica | Me Espera – websérie que desperta curiosidade no público

É extremamente interessante assistir a relação entre as personagens se desenvolvendo. Lados opostos da mesma moeda, elas se complementam, Ann torna-se confiante graças a a protagonista e esta se permite ser vulnerável na presença de Walker. Apesar da família dela (Walker) e a sua homofobia internalizada serem empecilhos para viverem juntas, Anne e Ann nos proporcionam momentos cheios de ternura e amor.

Além da sua relação com Ann Walker, a série explora as relações de Anne com sua família. Apesar de demonstrar um certo desprezo, a verdade é que a senhora de Shibden Hall tem profunda afeição por seus familiares, principalmente por sua tia. A doce senhorinha que, ao invés de julgá-la por seu estilo de vida, sempre fica entusiasmada com as aventuras da sobrinha. Inclusive, ela e os demais familiares desejam apenas que a protagonista seja feliz.

Um dos aspectos mais interessantes da série é a quebra da quarta parede. Esse recurso permite que o telespectador mergulhe na história, fazendo com que se sinta dentro dos famosos diários de Anne Lister. A utilização desse recurso é interessante já permite compartilhar sentimentos e segredos com a personagem de Suranne Jones.

LesB Indica | Stella Blómkvist – uma série de personagens pouco ortodoxas e cores neon

A produção impecável, a historia de amor entre Walker e Lister, e a atuação brilhante de Jones são motivos suficientes para começar a assistir “Gentleman Jack”.

A primeira temporada de “Gentleman Jack” pode ser assistida completa pela HBO GO. A segunda temporada já está confirmada e deve estrear em 2021.

Lua Barros

Lua Barros

Lua Barros é estudante de Produção de Multimídia, bissexual e Belenense. Seus passatempos favoritos são: maratonar séries e aprender idiomas novos enquanto assiste as cenas dos seus casais favoritos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *