Oito livros para (se auto) presentear no Natal

O Natal está chegando e com ele, chega também, a tradicional troca de presentes entre casais, amigos, familiares e até colegas de trabalho. Se ainda existem dúvidas sobre como presentear as pessoas que você gosta, aqui vai uma lista de oito livros que podem agradar e fazer a felicidade dos presenteados. Ah, a lista serve também para você que não sabe o que responder quando perguntam o que gostaria de ganhar!

Os sete maridos de Evelyn Hugo

Livro da autora Taylor Jenkins Reid, publicado em 2019, traz em sua narrativa primeiramente Monique, uma jornalista que está passando por um período de turbulência em seu relacionamento e que recebe uma proposta inusitada: entrevistar uma das maiores estrelas de Hollywood, Evelyn Hugo. É nesse ponto que a história começa a ficar interessante, Hugo se abre por completo nesse bate-papo, e desvela um lado dela e de Hollywood que ninguém jamais percebeu ou descobriu. Todas as revelações atraem o leitor como se Evelyn Hugo de fato tivesse existido, o que torna essa obra um presente interessante para quem gosta de famosos (fofoca) e uma bela história de amor.

LesB Indica | Profundo Desejo – uma produção com reflexões sobre viver ou sobreviver

Sua Alteza Real

É um romance da autora Rachel Hawkins, lançado em 2020, e conta a história de Millie, uma adolescente que acabou de ter o seu coração partido e como forma de cura realizará um de seus maiores sonhos: estudar em uma renomada escola Escocesa. Lá ela conhece Flora, uma princesa (literalmente), só que ela logo fica sabendo da fama de encrenqueira dessa integrante da realeza, o que torna a relação delas como colegas de quarto um pouco complexa. O livro se aproxima de uma versão sáfica do filme “Um Príncipe em Minha Vida” e é uma boa dica para quem ama um enemies to lovers para esquentar o coração no Natal.

Espere até me ver de coroa

Neste livro lançado em 2020, a autora Leah Johnson apresenta aos leitores a Liz Lighty, uma adolescente negra e queer que mora em uma cidade pequena dos Estados Unidos e está prestes a se formar no Ensino Médio. A história de Liz é complexa e envolve perdas, medos e traumas, e, ao longo da narrativa, é como se ela curasse de cada pequeno machucado interno ao se descobrir como uma pessoa especial para o mundo e, além disso, quando descobre que ela é a pessoa mais importante da sua própria vida. O livro é sobre desvendar diferentes visões de mundo e sobre amor-próprio, apesar de ter um romancezinho na história, ele não é sobre um casal.

Controle

É uma obra literária da autora brasileira Natália Borges Polesso, lançado em 2019, e traz a história de Maria Fernanda, ou Nanda. O enredo leva o leitor a conhecer a infância e a juventude da personagem, que tem epilepsia e vê a sua vida inteira mudar da noite para o dia por causa disso. É um livro com referências musicais a banda “New Order” e as letras das músicas acompanham as fases da vida em que Nanda está passando. Esse também não é um livro sobre casal e apesar de trazer a descoberta da sexualidade da personagem, ele fala muito mais sobre descoberta de mundo e de si, levando os leitores a uma viagem intrapessoal baseado nas reflexões e no desenvolvimento de Maria Fernanda.

Aruanas – o protagonismo feminino no ativismo ambiental

Os dois mundos de Astrid Jones

Esse livro da autora A. S. King, laçado em 2015, conta a história de Astrid, uma adolescente que vive em uma cidade pequena e passa por vários e complexos problemas causados pelo quanto as pessoas prestam atenção, mais do que deveriam, na vida dos outros. Como ela tem dificuldade para lidar com mudanças e com toda situação que é viver em uma cidade assim, Astrid decide compartilhar seu amor com os aviões que sobrevoam seu quintal para, pelo menos, sentir e enviar algo bom a alguém. O narrativa traz a descoberta de Astrid sobre sua própria sexualidade e toda problemática sobre as dificuldades que é se sentir atraída por outra mulher em uma região onde isso ainda é visto como errado. Assim como cada avião para quem ela mandar amor tem uma história que vai e volta, a de Astrid não seria diferente. Desta forma o livro descreve bem os sentimentos de momentos de dificuldades e a superação de obstáculos.

Atlas

É um conto, da autora brasileira Victoria Tuler, que se passa no sul do Brasil e acompanha a vida de Bia que conhece uma menina e quase como que instantaneamente as duas começam uma amizade bem forte. A questão é que essa amizade vira um romance, mesmo que elas não estivessem entendendo muito bem o que estava acontecendo. As páginas desse conto fazem os leitores mergulharem em uma linha do tempo em que cada fase é marcada por um forte sentimento, principalmente o sentimento de renovação. (Esse conto está disponível apenas em formato digital)

Antes que você diga sim

Lançado em 2020, o livro da autora Clare Lydon apresenta a noiva Abby, que está quase se casando com o que deveria ser o homem dos sonhos, só que não é bem assim. A mulher não é apaixonada pelo noivo e não está se casando por amor, mas por comodidade. Em meio a isso, está sem uma madrinha para ajudá-la na organização do casamento, e precisa contratar uma pessoa, Jordan Cohen. O tempo que as duas mulheres passam juntas mais as incertezas sobre o casamento, que fazem morada na cabeça de Abby, contribuem para que comece a surgir um sentimento entre a noiva e sua madrinha contratada. A narrativa é um clichê que fala mais ou menos sobre “a pessoa certa na hora certa” e reconstrói a esperança sobre o amor.

Crítica | Nós Duas – um longa-metragem cujo amor é seu background

No Natal existe amor em SP

Lançado recentemente (15/12) pela autora Giulia Russomano, conta uma história de Natal clichê em uma versão sáfica. Débora é uma menina que sofre pressão dos pais para estar em um relacionamento e, apesar de ter escapado desse assunto por um tempo, tudo muda quando ela vai passar o Natal com sua família. Por outro lado, o livro mostra Fernanda, uma confeiteira bem-sucedida e apaixonada pelo que faz. As duas meninas estão em um momento em que não querem ter um relacionamento, mas um acordo para o Natal faz com que o ideal de amor mude para as duas. Com referências à obras como “Os sete maridos de Evelyn Hugo” e “Conectadas”, para quem gosta de clichês natalinos, esse livro atende bem às expectativas. (Esse livro está disponível apenas em formato digital)


E aí, gostaram das indicações? Algum livro já estava na listinha de vocês? E caso você queira adquirir alguma das nossas indicações, compre pelo nosso link da Amazon, pois assim você ajuda a manter o site no ar! Só clicar na imagem abaixo 😉

 

 

 

 

 

Monica Teixeira

Monica Teixeira é pedagoga e muito apaixonada pelo universo literário. Amante de séries de médico, viciada em tudo que envolve super-heróis e não perde um episódio de Legends Of Tomorrow. Ela vive na Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta