Resenha | Valentina – a descoberta do amor na vida adulta

Ficha Técnica
Livro: 
Valentina
Autores: Lis Selwyn
Editora: Viraletra
Número de páginas: 292
Ano de Lançamento: 2018


A autora Lis Selwyn, apesar de jovem, já possui em seu currículo uma lista de livros publicados, como “Caminhos para liberdade”, “Garotas como eu”, “Amor e liberdade”, “A vida secreta de Isabela Esme” e “Valentina”. Todos sobre romances entre mulheres e suas nuances.

Cinco webséries que você deve assistir antes do ano terminar

Em “Valentina”, a autora conta a história de uma jovem estudante de direito que, em uma aula do curso de francês, conhece uma mulher mais velha chamada Marisa que era recém-chegada em São Paulo. Para a estudante a atração é instantânea e o que para a outra, era apenas uma amizade, se torna algo mais intenso com o passar do tempo.

Mas, o que parecia ser fácil para Valentina, uma jovem lésbica sem muitas preocupações, se torna mais complicado quando ela descobre que Marisa, apesar de sentir atração por ela, reluta em compreender e aceitar essa nova possibilidade em sua sexualidade, pois, aos quase 40 anos, nunca havia se interessado ou se relacionado com mulheres.

Ao longo do livro conhecemos mais sobre Marisa, uma advogada bem-sucedida, mãe de um pequeno menino chamado Vincenzo e recém-saída de um longo casamento com um homem abusivo, que mesmo depois de sua mudança do Rio Grande do Sul para São Paulo, seguiu causando dores de cabeça à advogada. Enquanto isso, vemos Valentina lidando com sua própria família, pois ela e sua irmã mais velha, Victória, são lésbicas, sem o conhecimento de sua mãe. Enquanto a caçula não quer manter esse segredo, a mais velha finge se relacionar com homens para não lidar com uma possível má reação da família, o que causa conflitos entre as duas irmãs.

LesB Saúde | Festas de final de ano e os gatilhos que surgem

Valentina” apresenta o início de um relacionamento sáfico, mas não o faz em uma narrativa adolescente, onde todas as personagens descobrem no início da vida sobre sua sexualidade. O livro mostra as diversas possibilidades existentes na vida real, como uma personagem lésbica que aos vinte e poucos já está bem resolvida, e uma mulher madura que, mesmo tendo sempre se relacionado com homens, percebe que também pode se apaixonar por mulheres. Exibir essa realidade é muito importante para que a literatura não caia no perigo de uma narrativa que entrega uma única possibilidade de caminho para a sexualidade.

Além disso, a obra literária trabalha as dificuldades que uma mulher mais velha, com um filho, tem em aceitar essa nova possibilidade em sua vida e como a sociedade vê um relacionamento entre mulheres, ainda mais quando há uma criança na cena. Ele mostra os problemas de um relacionamento abusivo, com seus riscos, temores e consequências. Traz à tona como cada pessoa lida com a ideia de sair do armário e mostra como, às vezes, a hora de uma pessoa sair, não é a hora de outra.

Seus pontos fortes são o fato de apresentar uma nova possibilidade de romance, para fora dos clichês adolescentes, e como uma mulher madura lida o que já foi citado acima. Um ponto fraco é o fato da narrativa começar depressa demais, sem haver uma apresentação dos personagens em suas realidades separadas. Logo no primeiro olhar, no primeiro capítulo, já havia paixão, pouco depois uma declaração de amor. Talvez as coisas tenham começado rápido demais, mas ao longo da narrativa o romance foi entrando no ritmo perfeito.

LesB Indica | Ferida – estreia de direção de Halle Berry vale seu tempo

Valentina” é uma leitura leve e agradável que mostra que o amor não surge em uma idade certa, nem tem gênero definido, ele é feito de inúmeras surpresas que podem acontecer em qualquer momento da vida. Então, da próxima vez em que você for fazer um novo curso, fique atenta e olhe ao redor, talvez você encontre sua própria Marisa.


Se você deseja adquirir este livro, compre pelo nosso link da Amazon, pois assim você ajuda a manter o site no ar! Só clicar na imagem abaixo 😉

Barbara Sena

Barbara Sena é paulistana, graduada em Letras e Publicidade. É louca por filmes, séries, livros e todo tipo de arte, de qualquer época e qualquer lugar do mundo.

Deixe uma resposta