FLUNK e a relação de Stellingrid (Stella + Ingrid)

Se você curte produções teen, já deve ter se deparado com “FLUNK”, uma websérie australiana que acompanha a vida de alguns adolescentes no colegial, com maior foco na vida de Ingrid (Jessica Li) e Stella (Akasha Collins) na primeira temporada. A trama aborda diversos assuntos como a descoberta da sexualidade, preconceitos, uso de drogas por adolescentes e até relacionamentos abusivos. Criada por Ric Forster e produzida por Melanie Rowland, o drama lançado em 2018 acompanha essas personagens no ambiente escolar e suas relações fora dali.

Papo da Madrugada | Por que Cazzie é tão polêmico?

A série inicia dando destaque a Stella, uma adolescente daquelas rebeldes, que contraria os pais, que compra drogas dos amigos, não está nem aí para nada, adora ir em festas e doida por sua primeira tatuagem, mesmo não tendo idade suficiente para isso. Em um desses momentos de uso de drogas, é descoberta por sua mãe que dá um belo sermão (merecido) devido a sua conduta e a compara com sua melhor amiga, que nunca teria esse tipo de comportamento. Do outro lado temos Ingrid, que com o tempo se torna o foco da narrativa, e é a amiga citada pela mãe, o total oposto: uma menina tímida, ótima aluna e que ajudava sempre os pais na loja da família, seu estilo mais reservado e que segue a linha foi muitas vezes zombado por conhecidos.

(Contém Spoilers)

“FLUNK” nos apresenta a dupla como inseparáveis, mas no decorrer vemos algumas questões problemáticas nesta relação. Por diversas vezes, Stella pressiona a amiga a ser como ela, percebemos que a companheira é arrastada para situações que não faz o seu estilo, e devido a pressão por ser uma garota mais “descolada”, acaba se forçando a fazer algumas coisas mesmo sem vontade. Na escola usa a facilidade nas disciplinas de Ingrid para ganhar vantagem, já que ir bem nas disciplinas não está em sua lista. Além disso, vemos Ingrid a todo tempo se desgastando para tentar livrar a colega de problemas, logo descobrimos que essa preocupação se intensifica por ter uma crush nela. A partir daí começa um entendimento de sua sexualidade e de como lidar com aquela situação. Stella, por outro lado, gosta de Ed (Beaudene Peruissch ), aluno da mesma escola e que, algumas vezes, é seu fornecedor de drogas.

Resumo | A Melhor Amiga da Noiva – Primeira e Segunda Temporada

Um dia, após descobrir que Ingrid nunca tinha beijado, Stella dá um selinho na amiga, que imediatamente acha aquilo tudo estranho e vai para casa. Em outro dia, Stella diz a colega para tentar coisas novas e se arriscar, a frase foi um impulso para ela fazer algo que tanto queria: beijá-la. Mas Stella também achou muito esquisito, disse que tinha entendido errado e se afastou sem nenhuma conversa. Rapidamente os boatos sobre a sexualidade dela foram espalhados pela escola, tendo que ouvir comentários desagradáveis.

Foi só após uma das professoras das meninas ter alertado Ingrid sobre a toxicidade daquela amizade, que ela se tocou de muitas coisas pelas quais passou. Ela mentiu para levar a culpa por Stella, com risco de expulsão ou consequências no currículo escolar, mas a professora a conhecia muito bem para saber que não era o tipo de pessoa que plagiaria algum trabalho. Ingrid teve a oportunidade de falar sobre isso diretamente para Stella, após perceber que o tudo aquilo fazia muito sentido. Stella, por sua vez, não conseguiu reconhecer a gravidade de seus comportamentos e como o seu tratamento não era nada saudável, acabou achando que ela estava falando aquilo por ciúmes.

Resenha | A longa viagem a um pequeno planeta hostil – uma história interplanetária sobre encontrar sua família

Após esse episódio em “FLUNK”, elas se afastaram e Ingrid conseguiu se conectar com outras pessoas, como Brayden (Caylen Forbes) e sua irmã Dani (Kelsie Schulz), com quem  mais tarde vai iniciar um relacionamento. É importante deixar claro que a família de Ingrid é uma família mais conservadora neste sentido, até seu irmão, ao saber que ela gosta de meninas, fala que sua mãe não aguentaria saber de tal informação. Com isso, Ingrid ainda tem dificuldades de demonstrar afetos em público, diferente de sua então namorada Dani, que já está em uma situação mais segura e confortável. 

Stella depois de ficar fora da cidade por um tempo, volta para trama, mas percebemos que nada mudou: o tempo não a fez amadurecer, ainda não consegue perceber como suas ações podem prejudicar. Dessa vez ela volta contando a Ingrid que também se atrai por meninas. Mesmo com diversas atitudes tóxicas, a websérie continua tentando unir as duas, como vemos no final da segunda temporada. Difícil torcer pela amizade delas até o momento, mas temos uma nova temporada a caminho para descobrir como será o desenvolvimento no decorrer dos episódios.

“FLUNK” está disponível no Youtube e conta com duas temporadas.

Carol Souto

Carol Souto é capixaba, estudante de jornalismo e apaixonada por ficções seriadas. Não pode ver uma série nova, que já vai lá sofrer por ela, e nisso é experiente, pois uma de suas séries favoritas é Greys Anatomy.

Deixe uma resposta