LesB Indica | The O.C: Um Estranho no Paraíso – drama adolescente que vai te conquistar

“The O.C: Um Estranho no Paraíso” é uma série de drama adolescente criada por Josh Schwartz (“Gossip Girl: A Garota do Blog”, 2007), que foi ao ar entre os anos de 2003 e 2007. A produção acompanhava os altos e baixos de quatro adolescentes em Orange County, na Califórnia.

LesB Indica | Las Estrellas – novela argentina que vale a maratona

A história começa quando Ryan Atwood (Ben McKenzie), um garoto problemático e de um lar desfeito, é adotado pelo advogado idealista Sandy Cohen (Peter Gallagher) e sua esposa Kirsten Cohen (Kelly Rowan). O casal tem um filho chamado Seth (Adam Brody), que é socialmente desajeitado e conhecido pelas suas fascinações por histórias em quadrinho e referências de cultura pop.

FLUNK e a relação de Stellingrid (Stella + Ingrid)

Enquanto Ryan tentar se ajustar a alta classe e sua nova vida, ele conhece Marissa Cooper (Mischa Barton), sua encantadora vizinha, que rapidamente se torna seu interesse amoroso. Ela ainda tem uma melhor amiga, Summer (Rachel Bilson), por quem Seth tem um amor platônico desde a infância.

Nos quatro anos de exibição, “The O.C: Um Estranho no Paraíso” acompanhou a história desses adolescentes, e durante os anos 2000 conquistou muitos corações por causa da ideia de um casal que nunca conseguia ficar junto, tipo “Romeu e Julieta”. Além disso, a série retratou questões de classe social, drogas, violência, amor, amizade e principalmente, sobre o conceito de família.

Papo da Madrugada | Por que Cazzie é tão polêmico?

De primeiro momento, Marissa Cooper é retratada como uma “garota rica e mimada”, entretanto, à medida que as temporadas avançam, a adolescente passa por mudanças dramáticas e se torna algo muito maior. Apesar de problemática, com história de abuso de drogas e ter um comportamento rebelde, ela é detalhada como uma garota amorosa, corajosa e leal aos seus amigos.

Resumo | A Melhor Amiga da Noiva – Primeira e Segunda Temporada

Um tema muito debatido sobre a personagem de Barton é sua sexualidade, quando ela desenvolve um relacionamento amoroso com Alex Kelly (Olivia Wilde), uma jovem de 17 anos, bissexual e com fama de “garota má”. Na época de exibição da produção existiu muita especulação sobre a relação das duas ter sido apenas um surto de “curiosidade bi” por parte da Marissa ou até mesmo, uma necessidade desesperada de aumentar a audiência da série, que naquele ano não estava “sólida”. Entretanto, para quem assistiu “The O.C: Um Estranho no Paraíso”, apesar de nunca ter tido uma afirmação sobre a sexualidade da personagem, é óbvio que o relacionamento das duas foi muito mais do que apenas uma curiosidade e era evidente que existia um sentimento amoroso e atração entre o casal.

Bruna Fentanes

Baiana, designer e estudante de jornalismo. Acredita que vive em seu próprio conto de fadas e se divide entre suas duas obsessões: livros de romance e séries teen.

Deixe uma resposta