Siera Maley e o poder dos finais felizes

Para leitores da língua inglesa, Siera Maley é uma autora que imediatamente se tornou lenda em seu nicho. Com romances fofos e clichês cuja premissa inicial é a de que a autora acredita em finais felizes, ela conquistou o coração de centenas de leitores LGBTQIA+ que não aguentam mais ver seus personagens preferidos serem jogados de lado e muitas vezes morrerem para que o plot avance.

Seu primeiro livro, “Time It Right” alcançou um bom número de leitores, mas foi com “Dating Sarah Cooper” que a autora moveu o público ao contar a história de Katie Hammontree e Sarah Cooper, melhores amigas de infância que resolvem fingir serem namoradas para atrair a atenção do crush de Sarah e aos poucos descobrem que o sentimento que mantinham uma pela outra vai além da amizade. A história lembra a da série “Faking It” da MTV em muitos pontos, mas não só foi escrita anos antes, como também acerta em várias questões que a série errou, tendo um final muito mais satisfatório.

Outro livro que é um dos favoritos dos fãs é “Colorblind”, um livro de fantasia onde a personagem principal, Harper, consegue ver a idade com a qual uma pessoa vai morrer escrita em sua testa e por muito tempo evita se aproximar mais do que o necessário de qualquer pessoa. É quando Chloe se muda para sua rua e aos poucos começa a dominar sua vida e seu coração, o único problema é que a nova paixão de Harper tem o número 16 escrito na testa.

Fechando a lista de favoritos está “Taking Flight”, onde Lauren Lennox é tirada da guarda do pai alcoólatra depois de ser presa e colocada sob a guarda de um amigo pessoal do juiz que cuidou do seu caso. No outro lado do país e longe de tudo que conhece e ama, Lauren acaba se aproximando da filha de seu novo guardião e se apaixonando por ela, que infelizmente é uma cristã fervorosa e certinha demais.

Apesar de causar grandes níveis de angústia em seus leitores e deixar todo mundo pensando que vai ser impossível solucionar os problemas da história e dar um final feliz a seus personagens, a autora nunca desaponta e deixa a gente com vontade de que a vida real fosse como suas histórias. Todos os livros de Siera Maley, incluindo o doce “On The Outside”, o mais recente “The Gay Girl’s Guide to Ruining Prom” e o fantástico “The Noble of Sperath” estão disponíveis em formato físico e e-book.

Giulia Santana

Giulia Santana

Giulia Santana é estudante de jornalismo. Passa metade do tempo escrevendo e a outra stalkeando atrizes no Instagram. Ela mora em Vitória da Conquista, na Bahia.

2 comentários em “Siera Maley e o poder dos finais felizes

  • 8 de março de 2020 em 13:12
    Permalink

    eu baixei o taking flight eras atrás em alguma promoção de ebooks da amazon mas ainda não li, não conhecia a autora! não sabia que ela tinha essa política de finais felizes, animei agora pra ler logo o livro dela <3

    Resposta
  • 17 de abril de 2020 em 22:38
    Permalink

    Colorblind foi o primeiro livro dela que eu parei para ler. Lembro de começar a ler, me assustar com a premissa e deixar de lado porque achei que seria um final triste. Até que um dia, fazendo absolutamente nada, decidi abrir o app pra continuar minha leitura. Pode-se dizer que chorei bastante e que me surpreendi mais do que tudo. Lembro bem que fiquei encolhida na cama com o celular grudado na mão e os olhos correndo sem parar pela tela do celular por horas. O resultado foram muitas lágrimas e uma baita dor de cabeça depois, mas ainda assim, fiquei bem feliz.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *