Review | Humans – Episódio 3.05

A visita ao acampamento trouxe resultados positivos, Laura (Katherine Parkinson) e a comunidade Synth finalmente conquistam uma vitória. Além das novas medidas de proteção, qualquer agressão a um sintético terá como punição o pagamento de uma multa no valor £300,00. O mais triste de tudo isso, é que o novo decreto foi aprovado pela comissão horas depois do ataque a Karen (Ruth Bradley), se tivesse sido regulamentado horas antes, provavelmente Sam (Billy Jenkins) ainda estaria com sua mãe.

Review | Humans – Episódio 3.04

Após o incidente com Voss, Joe (Tom Goodman-Hill) vai até Laura pedir ajuda para esconder o pequeno Sam, apesar de hesitante, a advogada acaba deixando que o jovem synth fique com a família Hawkins.

Com a aprovação das novas medidas de proteção aos synths, Max (Ivanno Jeremiah) acredita que agora todos estão protegidos e decide abrir os portões que os deixavam isolados do mundo externo. Tal decisão deixa Anatole (Ukweli Roach) preocupado.

Enquanto os synths comemoram suas conquistas, Mia (Gemma Chan) recebe uma correspondência errada e vai até sua vizinha entregá-la. Para sua surpresa, a doce senhora fica encantada ao conhecê-la e a convida para entrar. O que Mia não esperava, é que a simpática mulher dividia seu lar com um synth. Ambos, mostram a ela que existem centenas de humanos e sintéticos que a apoiam, e esperam que um dia possam sair do anonimato, assim como Mia fez.

LesB Indica | One Day at a Time e muito mais que uma série de comédia

A família Hawkins está preocupada com Sam e como ele está lidando com a morte de Karen. Aparentemente o pequeno synth encontra-se bem com sua nova realidade. Segundo ele, a morte de sintéticos e humanos é diferente. “Não precisam me explicar. Eu compreendo“, disse o synth. Porém ao longo do episódio percebemos que Sam não encontra-se tão bem quanto ele acreditava, e acaba admitindo para Sophie (Pixie Davies) que sentirá saudades de sua mãe.

Neil (Mark Bonnar) utiliza a vitória de Laura para ir até sua casa se desculpar pelo seu comportamento. Ele finalmente se abre e conta que a perda de seu filho fez com ele odiasse os sintéticos e, que o fato da Laura ver e mostrar o lado positivo dos synths, fez com que ele também o visse. Mas para ele tem sido muito difícil processar tudo, afinal durante muito tempo ele acreditou que eles eram os vilões.

Enquanto Sophie está determinada em mostrar para Sam como se divertir, Mattie (Lucy Carless) faz um nova amizade um tanto quanto suspeita e Leo começa a ter flashes de memórias. Já Mia, sofre um choque de realidade quando Dorian (Dominic Coleman), o synth que vive com a doce senhora, admite que o pacote de direitos não é suficiente, afinal o prazo de vida deles é curto demais e as mudanças precisam ocorrer o mais rápido possível. Então, Mia liga para Laura e afirma que irá exigir um lugar na comissão para agilizar a integração.

As ressalvas contra a Audrey Ballard (Yasmine Akram), são justificadas quando a mesma decide copiar sem permissão, os arquivos do computador de Mattie, mais tarde descobrimos que ela está investigando a jovem programadora. Com intenção de Audrey sendo revelada, nossas desconfianças ganham um novo alvo: Anatole.

Na Estante | A Bela Estação

As suspeitas em volta do sintético crescem quando ele demostra não estar tão contente com os avanços de Mia. Por fim, ele mostra seus verdadeiros objetivos libertando Agnes (Holly Earl) e ordenando que Stanley (Dino Fetscher) mate a família Hawkins. Então, percebemos que Anatole é o individuo responsável pelo grupo radical que vêm ameaçando os esforços de Mia e Laura.

Lua Barros

Lua Barros

Lua Barros é estudante de Produção de Multimídia, bissexual e Belenense. O sonho dela é dar um murro na poc da CW.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *