Resenha | The Last Of Us – o que esperar do futuro de Ellie?

“The Last of Us” é um jogo de sobrevivência, desenvolvido pela Naughty Dog e lançado em meados de 2013. Posteriormente foi remasterizado para PS4 e ganhou o coração de gamers do mundo inteiro.

O jogo ficou bastante conhecido por ter a representação de personagens femininas e pelo seu enredo ousado. Foi um dos mais vendidos da época e hoje, a espera de sua sequência, temos certeza que vai ser um jogaço.

A storyline se baseia na sobrevivência de Ellie após uma contaminação em massa da população mundial por uma mutação do fungo Cordyceps, trazendo um mundo totalmente apocalíptico. Joel, o personagem principal, se encarrega de escoltá-la pelos Estados Unidos.

Ele é um personagem complexo, sobretudo com uma criança ao seu lado pois a narrativa mostra que o mesmo passou pela perda trágica de sua filha. Por outro lado, Ellie é uma personagem sensível, lutadora, “incrível” – como os próprios produtores gostam de dizer – e traz à tona um lado muito diferente de Joel, mostrando a insegurança presente nos dois.

O relacionamento entre eles é a parte mais explorada no primeiro “The Last of Us”, fazendo com que os gamers fiquem ansiosos para saber o que irá acontecer nesse enredo pós-apocalíptico.

Em um conteúdo adicional, o “The Last of Us: Left Behind”, Ellie é vista beijando sua melhor amiga aos 14 anos. Já dando indícios de sua sexualidade, porém ainda não tinha sido confirmada pelos produtores. Bruce Straley, diretor do DLC, disse em uma entrevista “O que importa (sobre sua sexualidade)?! Uma boa personagem é uma boa personagem e foi isso que procuramos!”, deixando no ar na época.

Em “The Last of Us 2”, que será lançado agora em 2019, Ellie já tem 19 anos e tem a chance de ser uma adolescente normal, morando em uma vila. Na E3 de 2018 foi divulgado um trailer que tirou críticas e aplausos da plateia. A protagonista é vista beijando uma mulher e logo após veio a confirmação dos produtores que ela é sim lésbica.

“The Last of Us” é uma obra bem moldada, com jogabilidade ótima e história inigualável. Ellie é uma das personagens femininas com maior representatividade no mundo dos games, e ainda mais agora com a sua “saída do armário” trará uma representatividade enorme ao público lésbico.

Natália Barreto

Natália Barreto

Natália é estudante de Farmácia. Mora no mundo invertido de Summoner's Rift, mais conhecido como Rio de Janeiro. Tem paixão por séries, games e cultura pop.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *