Resenha | Menina Feita de Estrelas – uma reflexão sobre amizade, família e o poder da verdade

Ficha Técnica
Livro: Menina Feita de Estrelas
Autor: Ashley Herring Blake
Editora: Plataforma21
Número de Páginas: 328
Ano de Lançamento: 2019


“Existe amor. Existe conforto. Existe superação.”

Menina Feita de Estrelas” é uma obra literária que acompanha a história de dois irmãos gêmeos: Mara e Owen. Eles nasceram no mês de junho, quando a constelação de Gêmeos despontava no céu e desde novos a mãe deles contava histórias sobre duas crianças que moravam nas estrelas, mais velhos, eles ainda continuavam a subir no telhado para observá-las e contar histórias, sempre unidos um ao outro.

Resenha | Conectadas – o clichê que toda garota que ama outra garota espera

Entretanto, a relação dos gêmeos estremece no momento em que Owen é chamado à diretoria e é acusado de estupro por sua namorada Hannah, que também é amiga de Mara. Como ela e sua melhor amiga Charlie, fundadoras do Empodera – grupo no qual meninas e adolescentes LGBTQIA+ compartilham suas experiências ruins – não apoiariam a garota?

“As melhores mentiras são disfarçadas no meio de verdades incontestáveis”

A partir deste momento, Mara se encontra dividida entre permanecer ao lado de sua família, principalmente seu irmão tão amado, e o próprio senso sobre certo e errado. Além disso, ainda precisa lidar diariamente com sentimentos conflitantes em relação a sua melhor amiga Charlie, que também é sua ex-namorada. E para piorar tudo, ela ainda guarda um trauma que a assombra todos os dias.

A trama construída por Ashley Herring Blake é poderosa e busca dar voz às vítimas de abuso sexual, que são, dia após dia, caladas e descredibilizadas na sociedade. E o aspecto mais importante da narrativa está na personagem principal, Mara, irmã do agressor, contar a história. Os sentimentos que ela tem referente a situação que sua família está passando, como reagir a isso e perceber o quanto as pessoas podem se perder quando estão tentando proteger aqueles que ama, como é o caso dos seus pais em relação a Owen.

LesB Out! Mixtape Especial: relembre as melhores apresentações de Naya Rivera em Glee

Personagens críveis como Mara, Charlie e Hannah expõem a ideia de sororidade, amizade e amor de forma espetacular.  E a escrita da autora te proporciona um romance sensível e até poético, porém tratando de temas pesados como agressão sexual, consentimento e culpabilização da vítima, e ainda consegue trazer o outro lado da história de forma impressionável e vulnerável.

“– A gente está sozinha para lutar contra o mundo inteiro, Mara – A Hannah me disse um dia. – Se não apoiarmos uma às outras, quem vai apoiar?”

Além disso, a narrativa do livro atrai devido a representatividade responsável quando apresenta uma personagem bissexual como principal e sua melhor amiga/ex namorada Charlie, uma garota não binária de forma tão presente. A história sabe falar sobre abuso sexual como tópico fundamental, como também levar as dificuldades e os preconceitos que a comunidade LGBTQIA+ sofre. Definitivamente, “Menina Feita de Estrelas” possui uma mensagem essencial e oportuna, a obra é maravilhosa, triste e poderosa.


Alerta de gatilho: agressão sexual, abuso sexual.

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes, estudante de jornalismo e designer. Baiana e nordestina com muito orgulho. Amante dos livros de amor, mas sempre vai adorar os dramas que a vida lhe dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *