Museu da Diversidade Sexual recebe lançamento do Calendário LGBTQIA+ 2020

Por Carla Rocha

Você sabe em que dia é comemorado o Dia da Celebração Bissexual? E o dia do orgulho lésbico? E o Dia da Visibilidade Trans? Apesar de serem datas muito relevantes para o reconhecimento das nossas identidades e conquistas, em geral, não estão destacados nos calendários nacionais e só ficamos sabendo muito em cima da hora. Por isso, é fundamental trazer esses temas à tona, gerando debates e destacando sua importância, sempre que possível. Pensando em trazer mais visibilidade para a causa, o projeto GRIGIO criou um Calendário LGBTQIA+ 2020 com as principais datas: “Em geral, só ficamos sabendo muito em cima da hora de datas como o Dia da Celebração Bissexual e o Dia da Visibilidade Trans, por exemplo, porque falta um documento que reúna essas informações de forma unificada”, explica Lucas Rodrigues, idealizador do projeto.

O Calendário LGBTQIA+ 2020, que será lançado neste sábado, 11 de janeiro, no Museu da Diversidade Sexual de São Paulo – é ilustrado com fotos do projeto GRIGIO, uma iniciativa que apresenta histórias e relatos de diferentes membros da comunidade em um perfil no Instagram (@grigio.cc) que tem como objetivo trazer mais visibilidade para a comunidade LGBTQ+. “Acreditamos que a luta por mais direitos vai além das questões relacionadas à identidade de gênero e sexualidade”, destaca Lucas. Cada mês será representado por um dos entrevistados, totalizando 12 convidados.

O idealizador do projeto conta que a ideia surgiu há alguns anos, mas, só foi colocada em prática a partir de outubro do ano passado (2019), “a ideia do projeto é jogar luz nas experiências das pessoas LGBTQ+ dentro da comunidade, para fortalecer os laços e tratar de questões sobre as quais a gente precisa falar para poder aproveitar de verdade todas as possibilidades do arco-íris”. Ainda de acordo com o mesmo, a ideia surgiu de um incômodo em perceber que, dentro da comunidade LGBTQ+, ainda se reproduzia muitos dos preconceitos da sociedade, muitas vezes por falta de informação. “Por isso decidi criar um espaço onde as pessoas pudessem contar suas experiências pessoais, para que as outras se enxergassem e a gente pudesse se fortalecer enquanto comunidade”, complementa.

Para reforçar ainda mais o movimento LGBTQ+, todo o lucro da venda dos calendários* será revertido para a Casa1, espaço de acolhimento e centro cultural localizado na cidade de São Paulo. Neste calendário, que será vendido por R$20,00, também foram registradas feriados nacionais e também datas importantes relacionadas aos movimentos negro, feminista e indígena.

*A edição é limitada, com apenas 100 unidades a venda e quem não puder comparecer ao lançamento pode mandar mensagem lá no perfil do projeto Grigio.

SERVIÇO

Lançamento do Calendário LGBTQIA+ 2020
Data: 11 de janeiro, sábado, das 15 às 18 horas
Local: Museu da Diversidade Sexual de São Paulo (dentro da Estação República do Metrô)
Entrada gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *