LesB Indica | The Originals – uma série sobre família e redenção

Criada por Julie Plec, “The Originals” é um spin-off do drama adolescente “The Vampire Diaries”. Lançada em 2013, a série se passa em New Orleans e é centrada na vida dos irmãos vampiros originais: Klaus Mikaelson (Joseph Morgan), Elijah Mikaelson (Daniel Gillies) e Rebekah Mikaelson (Claire Holt).

DC FanDome | Harley Quinn: futuro da série deve focar em relacionamento de Harley e Poison Ivy

Mesmo que a produção só foque na vida de Klaus, Elijah e Rebekah, os outros familiares Mikaelson fazem participações especiais ao longo das temporadas. Os vampiros originais foram criados em torno do século 11 e são conhecidos por serem os primeiros da espécie, o que os tornam os mais velhos, poderosos e mais fortes do mundo.

A história da primeira temporada de “The Originals” é voltada para Klaus, um híbrido original (vampiro e lobisomen), e sua recente descoberta que Hayley Marshall (Phoebe Tonkin) está grávida de sua filha no meio de uma guerra entre vampiros e bruxas. Desta forma, ele retorna a New Orleans com a crença que retomará seu controle que, atualmente, está nas mãos de seu filho adotivo, Marcel Gerard (Charles Michael Davis).

DC FanDome | O que rolou no painel de DC’s Legends of Tomorow

A partir da segunda temporada, Freya Mikaelson (Riley Voelkel) é introduzida na história. Ela é uma poderosa bruxa que foi prometida a irmã da sua mãe, Dahlia (Claudia Black), ainda antes de nascer. Sua tia a levou como forma de pagamento por realizar um feitiço de fertilidade usando magia negra para que sua mãe Esther (Alice Evans) conseguisse gerar filhos. Sendo assim, seus irmãos acreditavam que a primogênita havia morrido.

Séculos mais tarde, ela consegue escapar da prisão de sua tia e reencontra seus irmãos. Entretanto, Klaus, que possui problemas de confiança, tem dificuldades de inserir totalmente sua irmã na família e só após algum tempo e muitas provações que Freya finalmente é considerada parte dos Mikaelsons.

10 anos de Lost Girl – série de TV marcou a história da representatividade bissexual

“The Originals” é uma série que apresenta uma família obstinada a se protegerem e permanecerem juntos a qualquer custo (a conhecida frase “Always and Forever”). Além disso, diferente da sua antecessora “The Vampire Diaries” e sua sucessora “Legacies”, a produção tem um aspecto mais sombrio e é voltada para um público mais “adulto”.

A produção que só teve cinco temporadas retratou questões familiares, personagens femininas fortes e representatividade LGBTQIA+ de forma exemplar. O desenvolvimento do relacionamento de Freya com Keelin (Christina Moses) foi cuidadosa e transformada de “inimigas à amantes” gradativamente, fazendo com que o público se apegasse e torcesse pelo casal.

LesB Saúde | A importância do Setembro Amarelo

A série está disponível no serviço de streaming da Globoplay.

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes

Baiana, designer e estudante de jornalismo. Acredita que vive em seu próprio conto de fadas e se divide entre suas duas obsessões: livros de romance e séries teen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *