Especial | Oito autores que valem a pena conhecer durante a quarentena

Que tal seguirmos as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e evitarmos sair de casa, a não ser que seja de extrema necessidade? Pensando nisso, aqui vai uma lista de autores para maratonar nestes dias em casa (risos), neste caso, as indicações são escritoras que, de uma forma ou de outra, possuem livros publicados com personagens LGBTQIA+.

Becky Albertalli

Formada em psicologia, a autora trabalhou por muito anos como orientadora de um grupo de apoio para crianças com não conformidade de gênero em Washington, nos Estados Unidos. No Brasil, seus livros são publicados pela Editora Intrínseca e todos possuem representatividade LGBTQIA+, entre seus títulos estão: “Com amor, Simon”, “Leah fora de Sintonia”, “Os 27 crushes de Molly” e “E se fosse a gente?”, o último sendo sido escrito em parceria com Adam Silvera.

Resenha | O suave tom do abismo (absorção) – uma história para além do amor

Clara Alves

Libriana, dorameira e feminista, Clara Alves mora no Rio de Janeiro e é formada em jornalismo pela UERJ. Já venceu o prêmio Wattys 2016 na categoria Novas Vozes com o seu romance “Como reconquistar um amor perdido”. Teve seu primeiro lançamento no Grupo Companhia das Letras no ano passado com o título “Conectadas”, entretanto você pode encontrar vários outros títulos em formato e-book e produção independente na Amazon ou Wattpad, como: “A profecia da sereia” e “Princesa da magia”.

Nina LaCour

Livreira hipster e professora de inglês do ensino médio, a escritora mora na Califórnia com sua família. Tem livros publicados no Brasil pelas Editoras Plataforma 21, Galera Record e Intrínseca com os respectivos títulos “Estamos bem”, “À primeira vista” de coautoria com David Levithan e “Aconteceu naquele verão”, um livro de histórias de amor divididos com outros autores.

Especial | 15 séries para maratonar durante a quarentena

Elayne Baeta

“Escreve as coisas que queria ter lido”, este é o lema da escritora e ilustradora Elayne Baeta. Publicou o seu primeiro original “O amor não é óbvio” no ano passado pela Editora Galera Record, e possui outros livros publicados em e-book, tais como “Elas não sabem o que querem”, “Eu, garota. Ela também” e “Astrologia para garotas”. Tem sotaque nordestino, mora em Salvador e atualmente está produzindo um podcast.

Julie Anne Peters

Conhecida pelas suas obras de ficção infanto-juvenil que apresentam personagens LGBTQIA+, a autora americana possui livros publicados em vários países. No Brasil só tem o livro “Não conte nosso segredo” publicado pela Hoo Editora, porém é possível encontrar outros títulos na língua inglesa disponíveis, como “Lies My Girlfriend Told Me”, “Keeping You a Secret” e outros.

Resenha | Boa noite – um livro voltado para você mulher

Olívia Pilar

Se você não tem muita paciência para livros longos, bom, Olívia Pilar é perfeita para você. Contista, escritora e jornalista, a mineira começou a se arriscar na ficção através de fanfics, escreve muito sobre a importância da representatividade da mulher negra e LGBTQIA+. É autora dos contos “Entre estantes”, “Tempo ao Tempo”, “Dia de domingo” e outros, todos disponíveis em formato e-book. Atualmente está trabalhando no seu primeiro romance.

A. S. King

O primeiro livro com uma protagonista LGBTQIA+ que li foi desta autora, então aqui está ela. A. S. King é uma escritora premiada por seus romances direcionados ao público jovem, embora também escreva para adultos. Atualmente mora nos Estados Unidos com sua família. Seu livro “Os dois mundos de Astrid Jones” é uma história que vale a pena ser conhecida.

Review | Não Provoque – suspense envolvendo líderes de torcida é envolvente

Lucas Rocha

Conhecido pelos seus livros voltado ao público masculino LGBTQIA+, Lucas Rocha publicou recentemente o conto “Cinco dias para o fim do mundo”(risos, brincadeira sem graça) pela Página 7, que traz uma mulher LGBTQIA+ como personagem principal. O autor é um bibliotecário com mestrado em Ciências da Informação.


Chegamos ao final da lista, leia os livros em casa e evite sair na rua. Se você tiver mais alguma sugestão de autor/autora que merece destaque, comenta aí embaixo para gente! =)

#ninguémseguraamãodeninguém #leiaemcasa #pegaoalcoolemgel

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes

Baiana, designer e estudante de jornalismo. Acredita que vive em seu próprio conto de fadas e se divide entre suas duas obsessões: livros de romance e séries teen.

Deixe uma resposta