Resenha | Amizade, cacatuas e outras coisas fora de controle – um livro sobre ansiedade e a importância de se expressar

Ficha Técnica
Livro: Amizade, cacatuas e outras coisas fora de controle
Autor: Mareska Cruz
Editora: Página 7
Número de Páginas: 142
Ano de Lançamento: 2019


O primeiro livro solo da escritora Mareska Cruz, “Amizade, cacatuas e outras coisas fora de controle” foi lançado em 2019, pela Página 7. Está disponível em formato e-book e possui menos de 150 páginas.

A história traz ex-melhores amigas como protagonistas, Antônia e Helena, duas garotas fora do padrão e um mistério acerca do fim da amizade. A primeira é gorda, cheia de curvas e sem papas na língua, enquanto a outra é negra de cabelos crespos com uma dificuldade extrema de se impor e falar o que realmente pensa.

Crítica | Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa – produção que vale muito a pena ser vista

A trama se desenrola a partir do momento que Antônia recebe um e-mail da sua professora de literatura avisando de última hora que ela precisa fazer um trabalho extra para complementar sua nota. E para piorar, deve ser feito em dupla, com ninguém mais, ninguém menos que Helena. Elas que eram tão unidas e se separaram repentinamente são obrigadas a conviver juntas por um tempo e isso acaba forçando as personagens a lidarem com seus problemas.

“Coisas que deveríamos ter dito antes e, assim,
talvez pudéssemos ter evitado muito sofrimento.”

Mareska Cruz levanta assuntos importantes e necessários como gordofobia, racismo, autoaceitação, homofobia, estereótipos e principalmente, o transtorno de ansiedade. É interessante ver o lado das personagens quanto ao que realmente aconteceu com a amizade delas, afinal, os capítulos são intercalados entre os dois pontos de vistas. Porém, o surpreendente, para mim, foi o de Helena, que estava sofrendo e vendo sua ansiedade evoluir tornando-se algo insustentável pelo fato de não saber se impor contra os preconceitos que aturava constantemente e não saber o que tinha acontecido com sua melhor amiga, Antônia. É perceptível que elas tinham uma relação de dependência emocional, o que é perigoso, mas é muito comum no período da adolescência conseguir lidar com o acúmulo de sentimentos, não ter apoio e não saber se expressar devidamente.

“Quanto peso ficamos carregando por aí,
sem saber que não precisamos carregar sozinhas?”

Siera Maley e o poder dos finais felizes

O casal Marcela e Elisa, o amigo Diego e sua cacatua é um adicional leve e essencial para a história, são uma espécie de “alívio cômico”. Isto torna a obra divertida em muitos pontos, além de que os dramas secundários dos personagens nos faz embarcar em uma verdadeira aventura do que é a adolescência e o quanto pequenos problemas podem se tornar gigantescos se não forem tratados de forma adequada. Além disso, a leitura é rápida e por ser um livro curto, pode ser finalizado em apenas um dia.

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes

Bruna Fentanes, estudante de jornalismo e designer. Baiana e nordestina com muito orgulho. Amante dos livros de amor, mas sempre vai adorar os dramas que a vida lhe dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *